MINISTÉRIO DA CIDADANIA E MASTERCARD APRESENTAM

News

Maithe: "A música é movimento, expressão e movimento social"





Por Izabela Delfiol

O décimo primeiro capítulo da série #BehindTheSIM, que conta a história das profissionais envolvidas na Semana Internacional de Música de São Paulo, entrevista Maithe Bertolini, gerente de produção de conteúdo da SIM. 

Conexões humanas estão no coração da SIM São Paulo. Não só são elas que movem todos que participam da convenção, como é graças a elas que o evento acontece todos os anos.

Curadora, gestora cultural e uma das idealizadoras do Festival Contato, Maithe Bertolini já passou por diversas funções na equipe de produção da SIM e atualmente se dedica ao atendimento de parceiros nacionais e internacionais, além de ser parte do Conselho Consultivo e de gerenciar a produção de conteúdo da conferência. Seu trabalho, dentro e fora da SIM, consiste em promover conexões e garantir que sejam duradouras e frutíferas.

Antes de ser parte da equipe da SIM, Maithe foi espectadora do surgimento e crescimento da convenção. "Desde o começo acompanho a realização da SIM, mas não participei presencialmente das primeiras edições", lembra. Em 2014, um encontro com Fabiana Batistela a aproximaria da organização do evento: “A partir daí, tive um deslumbramento do que poderia se tornar e da importância do encontro para os agentes do mercado da música. De lá pra cá, a SIM se consolidou como o maior e mais importante encontro do ano, um momento de atualização das pautas, de formação, renovação de pactos e encontro de redes, de preparação para o que está por vir e de muito afeto também”. 

A música é mais do que mera trilha sonora em meio a tudo isso - é razão de ser e força motriz; onde todos os porquês se encontram e se resolvem: "A música faz parte do meu cotidiano e é vetor da minha vida nos últimos anos".

Sua ligação com a música vem desde cedo, mas seu envolvimento profissional começou na graduação em Imagem e Som na Universidade Federal de São Carlos, onde teve um programa de rádio com uma amiga por seis meses e realizou shows e festas no Palquinho da UFSCar e depois participou da elaboração do projeto editorial da Rádio da Universidade. Em 2007, nasceu o Festival Contato, projeto onde se reconheceu como produtora cultural: "Desde então, neste quinze anos de trajetória, me envolvi bastante com a economia solidária e processos colaborativos de gestão, além de já ter aberto e fechado o GiG, um espaço cultural e palco da música independente no interior de São Paulo". 

Além de desbravar o mercado da música, a gastronomia também é parte importante da vida de Maithe, uma das fundadoras do festival Saia Para Jantar em São Carlos. O festival completa 10 anos em 2019 e tem como objetivo incentivar a população da cidade a sair de casa para conhecer e explorar os pontos gastronômicos da cidade. O diálogo do Saia Para Jantar com a sociedade é marcado pelo apoio da prefeitura ao evento e pela circulação de cada vez mais pessoas, reforçando o ponto da curadora de enxergar na cultura uma ferramenta de transformação social e de se enxergar como agente ativa nestes processos.

Entre os desafios encontrados em seu trabalho, Maithe cita a informalidade do mercado, a precariedade da produção e a dificuldade de financiamento. A produtora também cita o machismo como um dos problemas a serem superados, mas encara o cenário com otimismo e acredita que caminha em direção à "criação de ambientes mais respeitosos e de relações mais justas e cooperativas".

 

LEIA MAIS:

MIL LIDERA COMITIVA PORTUGUESA E ANUNCIA CINCO ATRAÇÕES NA SIM 2019

CONHEÇA AS ATRAÇÕES ARGENTINAS APOIADAS PELO INAMU PARA VIR À SIM 2019

CARLOS BÊLA: "O DESIGN É UMA FORMA DE EXPRESSÃO ARTÍSTICA COMO A MÚSICA"

  • contato
PRODUÇÃO / PRODUCTION
INFO@SIMSAOPAULO.COM
ASSESSORIA DE IMPRENSA/PR
PRESS@SIMSAOPAULO.COM