Painéis

Data: 05/12

Praça das Artes – PRO-Area Lounge/ 1o andar

11h00>12h45 DÁ CERTO PRA MIM, PODE FUNCIONAR PRA VOCÊ.

Com Kuru Lima (Conexão/Cria! Cultura), Fabricio Nobre (A Construtora/Festival Bananada), Fabrício Ofuji (Móveis Coloniais de Acajú), Tata Aeroplano (Cérebro Eletrônico). Mediadora: Fabiana Batistela. RESUMO: Projetos, bandas e ações do novo mercado da música que conseguem gerar receita, democratizar os espaços, formar redes colaborativas, conectar com seus públicos, marcas e financiadores de cultura.

13h00>14h45 VALE CULTURA: MAIS DINHEIRO PARA O MESMO OU UMA REVOLUÇÃO PROGRAMADA?

Com Fábio Maleronka (Prefeitura de São Paulo), Solanda Stekelberg (Banco Bonsucesso) e Julio Zancopé (Ticket). Mediador: Alex Antunes. RESUMO: A implantação e a adesão das empresas ao Vale Cultura pode causar uma verdadeira revolução no consumo cultural do país. A iniciativa do MinC criou o primeiro mecanismo público/privado de financiamento ao consumo de bens e serviços culturais. Quais serão os impactos no setor musical? O que pensa o empresariado? O que você acha que será consumido? Estaremos reforçando o consumo à cultura de massas ou criando uma nova perspectiva de ampliação de público?

15h00>16h45 DINHEIRO DIGITAL: NOVOS MODELOS DE MONETIZAÇÃO DA MÚSICA.

Com Emmanuel Zunz (One RPM), Maurício Bussab (Tratore), Bruno Telloli (Vevo), Mathieu Le Roux (Deezer), James Lima (Believe), Federico Goldenberg (Google/Youtube), Fábio Silveira (Deck Disc), Juliette Bouquerel (Live365). Mediadora: Fernanda Cardoso. RESUMO: As novas formas de distribuição e remuneração de música na internet já são reais. Como usar as novas ferramentas disponíveis no Brasil? Sites de streaming, lojas digitais, videoclipes para internet, como aproveita-los da melhor forma?

17h00>18h45 MINHA MARCA E A MÚSICA.

Com Rafael Souza e Bruno Macario (Pernod-Ricard), Fernanda Paiva Delfino (Natura). Daniela Gavranic (Heineken). Mediador: Lia Vissotto (Cinnamon Comunição). RESUMO: O valor agregado da música e sua apropriação pelas marcas como ferramenta de marketing. Quem ganha mais, a empresa ou o artista? Seriam as empresas as novas financiadoras de carreiras artísticas? Cases e projetos para 2014. Como os artistas podem chegar até elas.

19h00>20h45 FESTIVAIS DE MÚSICA: DESAFIOS DE CRIAR E MANTER.

Com Anderson Foca (Festival do Sol, RN), Ana Garcia (Festival Coquetel Molotov, PE), Roberto Parra (Primavera Fauna, Chile), Lucio Ribeiro (Popload Gig/Festival, SP), Lu Araujo (MIMO, MG/PE/RJ). Mediador: Kuru Lima (Cria! Cultura). RESUMO: Festivais já consolidados contam a sua história, como se sustentam, como fazem a seleção artística, como trabalham a formação de público e quais são os seus planos futuros. Vale a pena para uma empresa investir num festival de música? Existe ou não um circuito consolidado de festivais no Brasil e na America Latina?

Cine Olido

15h00>16h45 A CONTRIBUIÇÃO DA ESTÉTICA VISUAL NA CONSTITUIÇÃO DA IDENTIDADE MUSICAL.

Com VJ Spetto e Pedro Zaz (United VJs, Brasil/Portugal/Alemanha), Marcos Hermes (Fotógrafo), Philippe Cohen–Solal (Gotan Project). Mediador: Gaía Passareli. RESUMO: A música consegue se sustentar sem imagem? Projeções e design de palco, fotografia, videoclipe, figurino… a construção e manutenção da identidade visual. Como atuam os profissionais visuais na cadeia da música.

06/12

Praça das Artes – PRO-Area

11h00>12h45 O ATUAL JORNALISMO MUSICAL: A GRANDE MÍDIA E OS NOVOS CANAIS DE DIVULGAÇÃO.

Com José Flávio Júnior (Billboard), Sérgio Martins (Veja), Pablo Miyazawa (Rolling Stone), Iberê Borges (Move That Jukebox), Bruno Dias (Urbanaque), André Barcinski (R7/Canal Brasil). Mediador: André Forastieri. RESUMO: A imprensa musical brasileira sendo entrevistada. Qual o foco de cada veículo hoje em dia? Revistas de Música X Sites e blogs, concorrentes ou parceiros? TV ou Youtube? Como viabilizar, formatos de negócios, números de venda e views, periodicidade possível. O que dá mais resultado hoje, uma boa campanha de divulgação no Facebook ou uma capa na Ilustrada? O blog ainda é um hobby ou um emprego fixo? A carreira no jornalismo musical e a migração de profissionais para agências de conteúdo.

13h00>14h45 TODOS QUEREM VIR PRA CÁ: BRASIL, DE ROTA EXÓTICA À ROTA OBRIGATÓRIA DE TURNÊS INTERNACIONAIS?

Com Facundo Gerra e Marcelo Beraldo (Cine Joia), Sylvie Piccolotto (Argentina), Jim Romeo (Ground Control Touring/EUA), JB Deix (Bleu Citron/França), Andre Matalon (XYZ Live), Henrique Rubin (Sesc SP). Mediador: Paulo Terron. RESUMO: O que atrai mais o artista internacional, uma viagem ao país tropical, o calor do público brasileiro ou os altos cachês? O amadurecimento do mercado musical brasileiro está em processo, mas ainda temos muito o que aprender. Qual o futuro do “país do momento” no mercado da música?

15h00>16h45 EXPORTANDO A MÚSICA BRASILEIRA.

Com David Mc Loughlin (BM&A/Brasil Music Exchange), André Bourgeois (Urban Jungle), Bruno Boulay (Bureau Export/Consulado Francês), Felippe Llerena (ventureBR), Diana Glusberg (Niceto Club, AR). Mediadora: Melina Hickson (Porto Musical, PE). RESUMO: a experiência de quem já abriu caminho fora do Brasil e as novas possibilidades de conexões internacionais. Há um mercado sólido e rentável para o artista brasileiro em outros países, ou o “estrangeiro” continuará sendo um território explorado por poucos?

17h00>18h45 Q&A com ANDRÉ MIDANI

Com Ricardo Alexandre e Patrícia Palumbo. RESUMO: dois jornalistas especializados na história da indústria fonográfica entrevistam o ícone do mercado musical brasileiro André Midani.

19h00>20h45 MUSIC CONVENTIONS PELO MUNDO

Dinâmica: 20 minutos cada / 45 minutos perguntas público

Com Marinilda Boulay (Midem, França), Fernando Ladeiro-Marques (MaMA, França), Melina Hickson (Porto Musical, Br). Mediadora: Fabiana Batistela (Inker/SIM São Paulo). RESUMO: conceito, formatos, modelos de music conventions pelo mundo. Para que servem? Qual a importância de projetos nesse formato? Quais os resultados concretos podemos esperar desses encontros?

Red Bull Station

19h00>21h00: A CENA ELETRÔNICA DA EUROPA E NO BRASIL

Com Stefan Carl (Alemanha), Fernando Moreno (Smartbiz, Brasil), Claudia Assef (jornalista), Marcos Boffa (Audio). Mediador: Lísias (DeepBeep). RESUMO: clubs, selos, artistas, os estágios de desenvolvimento do mercado da música eletrônica nas últimas décadas. O DJ que passou a ocupar o centro do palco e o line-up official de bandas de vários estilos.

Para participar da conferência, adquira seu PRO-Badge aqui.